quarta-feira, 25 de abril de 2018

"A Map of Days": capa, data de lançamento e sinopse do quarto livro da série


FINALMENTE A DESERTO TOUR ACABOU! Foram divulgados hoje o título, a capa, a sinopse e a data de lançamento do aguardado quarto livro da série Miss Peregrine Peculiar's Children, que dá início a uma nova trilogia do mundo peculiar.

O livro se chama A Map of Days ("Um Mapa dos Dias", em tradução livre) e será lançado no dia 02 de outubro deste ano nos EUA.

[ATUALIZAÇÃO - 02/05] A Editora Intrínseca confirmou o lançamento do livro aqui no Brasil para o segundo semestre de 2018. Ou seja, bem próximo (ou quem sabe até no mesmo dia) do lançamento oficial.


SINOPSE: Tendo derrotado a ameaça monstruosa que quase destruiu o mundo peculiar, Jacob Portman está de volta aonde sua história começou, na Flórida. Só que agora a Srta. Peregrine, Emma, ​​e seus amigos peculiares estão com ele, e fazendo o seu melhor para se misturar. Mas os dias despreocupados de visitas à praia e aulas de normalização logo são interrompidos pela descoberta de um bunker subterrâneo que pertenceu ao avô de Jacob, Abe.

Indícios da dupla vida de Abe como um operativo peculiar começam a surgir, segredos há muito escondidos à vista de todos. E Jacob começa a aprender sobre o legado perigoso que herdou - verdades que faziam parte dele muito antes de entrar na fenda temporal da Srta. Peregrine.

Agora, os desafios são maiores do que nunca, já que Jacob e seus amigos são empurrados para a paisagem indomada da peculiaridade americana - um mundo com poucas ymbrynes, ou regras - que nenhum deles entende. Novas maravilhas e perigos aguardam neste brilhante próximo capítulo para as crianças peculiares da Srta. Peregrine. Sua história é mais uma vez totalmente ilustrada por fotografias vintage assustadoras, mas com uma adição notável para esta novíssima, multi-era da aventura americana - em cores.
PRÉ-VENDA (em inglês): SaraivaAmazon BRAmazon US | Barnes & Noble | Waterstones | BAM!
*Novos links serão acrescentados conforme forem sendo liberados.

Na sua entrevista para o site USA Today, que divulgou o conteúdo com exclusividade, o Ransom deu algumas informações sobre a história do livro e sobre a capa. Confira a tradução abaixo:

"Sempre imaginei o universo dos peculiares como um que abrange o mundo todo, não apenas o Reino Unido, então definir essa história na América me permite explorar toda uma nova sociedade peculiar com suas próprias regras, história e maneira de fazer as coisas", diz Riggs. "É uma abertura dramática deste universo." 

Os livros originais, diz o autor, contavam uma "história de peixes fora d'água, na qual Jacob descobre esse estranho mundo de peculiaridades, e eu me diverti muito revirando isso, jogando seus amigos peculiares para o interior de um mundo igualmente alienígena para eles que é a América moderna."


O avô de Jacob, Abe, teve uma vida dupla como um agente peculiar - os livros anteriores sugeriram como Abe passou décadas criando uma família enquanto secretamente ia em missões para matar etéreos, criaturas horripilantes que consomem peculiares para recuperar sua forma humana. 

Jacob encontra um bunker subterrâneo que costumava ser de seu avô e vai descobrir mais sobre suas façanhas, diz Riggs. "Ele também aprenderá que Abe não trabalhou sozinho, que seu irmão-de-armas caça-etéreos mais próximo ainda está vivo e que as missões podem estar longe de terminar."

O título A Map of Days refere-se ao atlas temporal que identifica os locais das fendas no mundo peculiar, explica Riggs. "As fendas dos Estados Unidos não são mapeadas e são desconhecidas, no entanto - especialmente para a srta. Peregrine e suas contrapartes europeias - encontrar e/ou criar um mapa dos dias americano rapidamente se torna uma prioridade, se não uma obsessão".

Fotografias vintage de crianças na capa e dentro dos livros têm sido uma assinatura dos livros da Srta. Peregrine, e a da capa de A Map of Days vem da coleção de fotos de um amigo de Riggs.

"É linda e fascinante, e a garota tem uma melancolia sobre ela que exemplifica alguns dos grandes temas do livro", diz ele. "Como todas as crianças nas minhas capas, ela também é uma personagem que você vai conhecer na história. Ela é um caso triste, atormentada por uma nuvem de fumaça negra que a segue para onde quer que vá. O fantasma de sua irmã habita a fumaça, e às vezes, dependendo do dia, da luz e do humor da irmã, você pode ver seu rosto nela."

Uma grande mudança para o novo livro: uma mistura de fotos em preto-e-branco e, pela primeira vez, em cores. Enquanto não há fotos substituíveis em dois tons para "o fator bizarro que adoro em fotografias antigas", diz Riggs, ele queria introduzir cor "porque eu associo tão fortemente a história recente da América com aquele look saturado de Kodachrome: anos 50 e 60, os restaurantes e motéis e grandes cabelos e estranhas armadilhas para turistas à beira da estrada.

"Eu queria jogar os peculiares naquela América e, para mim, aquela América tinha que ser colorida."

0 comentários:

Postar um comentário